Brincando de Detetive - O Intrigante Enigma da Lareira ©

Enigmas Lógicos Ilustrados

O Inspetor Arruda foi chamada à mansão de 1000 quartos do milionário Tutu He Poko, para investigar um curioso roubo. Lá chegando, disse-lhe o milionário:

“Não vi o ladrão, que entrou pela lareira. Na hora, a mesma estava apagada. Ele me agrediu por trás e levou meu famoso quadro, Mone e Elisa. Agora o seguro, sem apelação, terá que me pagar 100 milhões de dólares...”

Então lhe perguntou o Inspetor: “O senhor acende a lareira todos os dias?”

“Sim, todos os dias, sem exceção...”, ele respondeu.

Brincando de Detetive - O Intrigante Enigma da Lareira ©

Enigmas Lógicos Ilustrados

Depois de analisar profundamente e com muita atenção toda cena do crime, o inspetor, com seu olhar aguçado, concluiu que o culpado pelo suposto roubo só poderia ser o próprio milionário.

Ele havia forjado o roubo para embolsar o dinheiro do seguro sem fazer força.

Pergunta: Por que o inspetor tem tanta certeza da culpa do milionário?

O que levou o Inspetor a deduzir isso? Pense bem e apenas depois confira a Resposta.

Brincando de Detetive - O Intrigante Enigma da Lareira ©

Enigmas Lógicos Ilustrados

Resposta do Enigma:

O Inspetor Arruda sabe que o Milionário está mentindo porque se ele acendesse a lareira todos os dias como dissera, Teias de Aranha em seu interior não estariam visíveis.

Sendo a Teia de Aranha um elemento muito frágil e altamente vulnerável ao calor, jamais poderia resistir ao fogo diário da lareira por tanto tempo.

Está claro também que os restos de lenha indicando fogo recente, assim como as pegadas, não passa de uma farsa criada por ele na tentativa de enganá-lo.