Brincando de Detetive - O Estranho Caso do Roubo de 1 Milhão de Dólares ©

Enigmas Lógicos Ilustrados

O Inspetor Arruda foi chamado para investigar o roubo de 1 milhão de dólares, do qual supostamente fora vítima um rico empresário, enquanto fazia uma viagem de negócios.

O empresário disse que estava em seu quarto do hotel repousando, quando foi atacado covardemente por um mascarado que levou a mala com os dólares.

"Eu ainda estava deitado meditando, quando ele entrou inesperadamente. Nós lutamos ferozmente, mas, como ele era mais forte, acabou levando a mala. Espero que o seguro pague tudo!", disse ele tranquilo.

Brincando de Detetive - O Estranho Caso do Roubo de 1 Milh de Dólares ©

Enigmas Lógicos Ilustrados

O Inspetor Arruda dá então uma olhada rápida no ambiente à sua volta.

E após examinar detalhadamente a cena do crime, e depois de refletir por alguns instantes, virou-se para o empresário e disse muito seguro de si:

“Muito bem, está na cara que você está mentindo, pois, além de ladrão amador, ainda é ingênuo a ponto de acreditar que seja capaz de enganar a todos...”

Eis a Questão... Por quê ele afirmou isso com tanta convicção? Dê sua opinião e confira a Resposta...

Brincando de Detetive - O Estranho Caso do Roubo de 1 Milh de Dólares ©

Enigmas Lógicos Ilustrados

Resposta do Enigma:

O Inspetor sabe que ele está mentindo, e que tudo aquilo não passa de uma farsa.

Ele deduziu que, se de fato o Ladrão ao entrar no quarto, como ele afirmara, o tivesse encontrado repousando, a cama não poderia estar arrumada, e ainda mais sem vestígios de luta; muito menos de que alguém estivera ali deitado...

Ao contrário, o que se via era uma cama bem forrada e asseada, o que contestava por completo a sua versão da história.