Fábulas de Esopo Ilustradas -

Fábulas Edificantes para todas as Idades

A Raposa e as Uvas

"Para superar Limites ou pontos falhos, em primeiro lugar precisamos percebê-los, depois aceitá-los como realidade..."

Fábulas de Esopo - A Raposa e as Uvas

Uma Raposa, morta de fome depois de um jejum não intencional, viu, ao passar diante de um pomar, penduradas nas ramas de uma viçosa videira, alguns cachos de exuberantes Uvas negras, e o mais importante, que pareciam maduras.

Não pensou duas vezes, e depois de certificar-se que o caminho estava livre de intrusos, resolveu colher seu alimento.

Para isso não poupou esforços. E usando os seus dotes, conhecimentos e artifícios resolveu pegá-las. E, embora estivessem fora do seu alcance, não desistiu sem antes tentar de todas as formas.

Desolada, cansada, faminta e frustrada com o insucesso de sua empreitada, suspirando, deu de ombros, e finalmente se deu por vencida.

Por fim, deu meia volta e foi embora. Apesar de desapontada com seu fracasso, ainda assim saiu consolando a si mesma, dizendo:

"Na verdade, olhando agora com mais atenção, percebo que as Uvas estão todas estragadas e não maduras como a princípio imaginei..."

Moral da História 1:
Ao não reconhecer ou aceitar as próprias limitações, perde o indivíduo a oportunidade de ouro para corrigir suas falhas...

Moral da História 2:
Cada limitação não corrigida potencializa nossos pontos fracos e eventuais desvios de caráter...

Outras Fábulas que Recomendamos...

Retornar ao Índice Geral das Fábulas